O consumo elevado de sódio implica na celulite?

Palavra de origem latina, Cellulite foi utilizada para descrever uma alteração estética da superfície da pele. A celulite ocorre principalmente em mulheres, na região pélvica, membros inferiores e abdômen, podendo ser formada em qualquer parte do corpo, exceto couro cabeludo, palmas das mãos e dos pés. É caracterizada por um aspecto acolchoado ou “casca de laranja”.

Cerca de 90% das mulheres tem celulite, e muitas tentam se livrar da celulite através do emagrecimento e fazendo dietas específicas. Embora o emagrecimento possa trazer alguma melhoria estética, esse, por si, não é um tratamento para a celulite.

A celulite acontece devido ao hormônio estrogênio, que faz com que a mulher acumule mais gordura que os homens, e por outros fatores como hereditariedade, falta de atividade física, cigarro, maus hábitos alimentares e alterações nos processos circulatórios. A alimentação tem um papel importante para a melhora e prevenção da celulite, reduzindo a gordura corporal, melhorando o trânsito intestinal e diminuindo a retenção de água.

Para combater a celulite basta seguir recomendações de uma alimentação saudável, substituindo carboidratos refinados (massas, arroz, pães e farinhas) pelos integrais, diminuir o consumo gorduras e aumentando a ingestão de frutas e legumes e alimentos ricos em fibras.

O sódio é um nutriente essencial para nosso organismo, entretanto, seu consumo excessivo está associado ao desenvolvimento da hipertensão arterial, conhecida como pressão alta, e doenças do coração e rins, que estão entre as primeiras causas de internações e mortes no Brasil e no mundo.

O sódio é encontrado em grandes quantidades em muitos tipos de alimentos industrializados, o que dificulta a circulação do sangue porque retém líquido no corpo e resulta em células de gordura inchadas, causadoras da celulite. Portanto, o primeiro passo para sumir com a celulite é reduzir a quantidade de sal da sua alimentação e prestar sempre atenção às tabelas nutricionais dos alimentos industrializados, evitando a todo custo alimentos que possuem muito sódio.

Com a ingestão diária de sódio baixa, recomendada pela Organização Mundial da Saúde, um consumo máximo de 2000mg (2g) de sódio por pessoa ao dia, o que equivale a 5g de sal, a segunda melhor forma de afastar a celulite é aumentar a ingestão de água.

A Cooperativa Santa Clara conta com uma linha de produtos específicos que visam reduzir o sódio da alimentação, dentre eles podemos citar o Requeijão e Queijo Minas Frescal com redução de sódio, assim poderá consumir esses alimentos sem se preocupar na tão temida celulite.


Referências:

• Renata Boscaini David Et Al. Lipodistrofia Ginoide: Conceito, Etiopatogenia E Manejo Nutricional
• Priscila Navarro Klein. Nutrição Na Prevenção E No Tratamento Da Celulite.


Renata Boscaini David
Consultora Científico-Nutricional
IPGS – Instituto de Pesquisas, Ensino e Gestão em Saúde