As fibras como aliadas na alimentação

Fibras são nutrientes encontrados nos vegetais que não são digeridos pelas enzimas do sistema digestivo humano, não possuindo calorias. Elas melhoram o hábito intestinal, previnem doenças e são classificadas como insolúveis e solúveis.

As insolúveis são as encontradas nos farelos dos cereais (trigo, milho) e sua ação principal é a aceleração do trânsito intestinal e capacidade de retenção de água, aumentando o volume do bolo fecal e, deste modo, facilitando a sua eliminação. Encontram-se também nos grãos integrais, nozes, amendoins e frutas com casca (como pêra, maçã, caqui e hortaliças folhosas).

Já as fibras solúveis aumentam o tempo de exposição dos nutrientes no estômago, proporcionando uma melhora na digestão. Elas agem sobre a velocidade do trânsito intestinal como as insolúveis, mas sem o aumento da absorção de água. São capazes de provocar reações de fermentação, produzindo altas concentrações de substâncias específicas denominadas ácidos graxos de cadeia curta. Estes ácidos funcionam como fonte de energia para a mucosa e como agentes protetores contra doenças, como diarréia e câncer de colo.

O consumo de fibras solúveis proporciona também a diminuição da taxa de absorção do colesterol alimentar e converte-se em nutrientes necessários para um melhor desenvolvimento das bactérias biófidas e lactobacilos, aumentando a flora bacteriana e com isso diminuindo as bactérias patogênicas (causadoras de doenças).

As fibras solúveis estão presentes em vários produtos, como ingredientes funcionais. Nos rótulos desses produtos funcionais (iogurtes e cereais matinais) encontramos a fruto-ologossacarídeo, inulina, pectina, polidextrose, dentre outros (fibras prebióticas), que se dissolvem em água (por isso são consideradas solúveis). Encontramos as fibras solúveis em menor quantidade também em feijões, lentilhas, ervilhas, grão de bico, em vários farelos, como aveia, arroz e cevada, em polpa de frutas (maçã, banana, laranja) e em hortaliças (cenoura, batata, mandioca). Em todos os alimentos há uma predominância maior de fibras insolúveis, na sua maioria fermentáveis pelas bactérias biófitas.

Consumir SanBIOS, preferencialmente com pães de fibras (centeio, grãos, integral), proporciona uma regularização do trânsito intestinal de forma suave. Uma dieta equilibrada sempre contribui para uma vida saudável.


Enriete Maria Dall'Onder dos Santos
Nutricionista - CRN2-0295